Skip to content
23 de maio de 2017 / dosesdeincoerencia

Sobre meu corpo lento

Hoje meu corpo resolveu entrar em greve
Minha cabeça pesa
Meus passos não alcançam os ritmo costumeiro
Tudo está mais lento, até a minha dor

A lágrima que cai dos meus olhos já não tem cólera ou desespero
É uma lágrima resignada, que sabe que precisa cair e que não serve para nada
Ela simplesmente está.
Assim como eu simplesmente estou
Não sei mais onde, com quem, ou para qual direção
Talvez por isso o passo lento e o corpo pesado
Talvez o corpo esteja tentando dizer: enquanto não sabes, não te apresses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: